Fechamento de comportas em Porto Alegre causa impacto no trânsito



O fechamento das 14 comportas do muro do Cais Mauá, em Porto Alegre causa reflexos na entrada de Porto Alegre, segundo a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC). Na manhã desta terça-feira (13), quando o tráfego deve se intensificar devido ao fim do feriadão, agentes de trânsito vão monitorar as ruas da cidade e, se necessário, realizar bloqueios.

A medida foi tomada depois que o nível do Guaíba chegou a 2,92cm acima do normal, recorde desde o início da série histórica da Superintendência de Portos e Hidrovias (SPH), em 1941. A prefeitura fechou no final da tarde desta segunda (12) a 14ª comporta do muro do Cais Mauá. As outras 13 já haviam sido fechadas no domingo (11).




A passagem de veículos que usam a Rua Voluntários da Pátria e acessam a Avenida da Legalidade, principal via de acesso à capital, está bloqueada. O diretor-presidente da EPTC, Vanderlei Capellari, orienta os motoristas a seguirem pela Voluntários da Pátria até chegarem ao Centro.

“O acesso da Voluntários para a Legalidade é o que mais será impacto. O motorista deve continuar pela Voluntários para acessar o Centro", afirmou. Segundo Capellari, os outros pontos onde as comportas foram fechadas não devem causar impacto significativo no tráfego.

O acúmulo de água na pista da BR-290 (freeway) foi bloqueada devido ao acúmulo de água na pista e deixou de ser alternativa para o ingresso na cidade. Agentes de trânsito também monitoram o trânsito na Avenida Assis Brasil, no limite com o município de Cachoeirinha, devido ao risco de cheia do Rio Gravataí.

Postar um comentário

0 Comentários